Make your own free website on Tripod.com
AvesWorld

Home

Galeria de Fotos
Aviso aos Internautas
Caixas de busca
Links favoritos
Contate-me
Conselhos para compra
Sexo,Cor,Idade,Como escolher?
Transportando-o até o novo lar
As primeiras horas em casa
Habituando o periquito em nossa mão
Habituando o periquito ao banho
Identificando o macho e a fêmea
O ninho
O primeiro ovo
O início da incubação
As primeiras horas em casa

arlequim.jpg

Transportando-o até o novo lar


Assim que você escolher seu Periquito, e averiguar que ele não tem nenhuma enfermidade aparente, você pode pedir ao criador, ou ao lojista, de pegá-lo para você, caso seja um criador ele próprio, por já ter experiência com os pássaros, soprará as penas do ventre do animal e checará sua cor, observando se esta é uniforme, e se as veias não estão inchadas, caso uma destas características se apresentarem no animal, ele pedirá que você escolha outro Periquito, e levará o pássaro enfermo para a gaiola enfermaria a fim de cuidar dele; caso afeiçoe-se pelo pássaro, pode perguntar o que fazer para ele melhorar, e você mesmo cuidar dele, pode ser que o convença a levá-lo para casa, particularmente não aconselho que o façam, a fim de evitar aborrecimentos desnecessários. Os lojistas, em geral, não procedem da mesma forma, no intuito de "empurrar-lhe" um animal doente. Então se ele não soprar o ventre do animal, peça para que ele o faça, enquanto "você" faz as verificações, não tenha vergonha de lhe pedir, se preferir você pode soprar, mas como o pássaro se encontra na mão dele, é mais fácil que ele o faça, apenas tome cuidado com o tempo em que o pássaro se encontrará na mão dele, ele não deve permanecer agarrado por mais de 5 minutos.
Agora que o Periquito "passou no Exame Médico" ele será posto em uma caixa de transporte, devidamente ventilada, ou em um saco de papel com alguns furos, a caixa é mais segura, pois o Periquito pode roer o saquinho de papel e fugir no caminho de casa. Assim que ele estiver na caixinha leve-o "imediatamente" para casa, não demore muito, pois o pássaro se assustará por estar preso sem poder fugir. No caminho de volta dê preferência às ruas menos movimentadas, o barulho dos carros e os gases do escapamento podem estressá-lo facilmente. Chegando em casa abra a caixa e coloque-a na frente da porta aberta da gaiola, tomando o cuidado de não deixar nenhum espaço por onde o pássaro possa fugir, certamente ele sairá em direção à luz, caso não saia passados 5 minutos, ponha a caixa no fundo da gaiola, feche a porta e afaste-se. Assim que ele sair encontrará um mundo novo, e com certeza voará para o poleiro mais alto e passará a observar o ambiente que o rodeia, tentando se recuperar do susto de ficar trancado na caixa, assim que ele comer ou beber um pouco significa que o susto já passou.